Pesquisar este blog

sábado, 12 de agosto de 2017

Deputada Edna Auzier participa de aula inaugural do Projeto de combate à violência contra a mulher na Unifap

A deputada Edna Auzier (PSD), primeira secretária da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado (Alap), representou a Casa de Leis, na noite desta sexta-feira (11), na aula inaugural do projeto "Violência Contra a Mulher táticas e processos de transformação", destinado a qualificar professores da rede pública de ensino e outros segmentos da sociedade civil, promovendo ações de enfrentamento a esse grave problema social.


Trata-se de um curso de extensão universitário, promovido pela Universidade Federal do Amapá (Unifap), com apoio da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da República; Ministério Público Estadual; Universidade Estadual da Amapá; e dos movimentos sociais. Inicialmente serão contemplados 240 professores, em quatro módulos, com duração em torno de 4 meses. A intenção é torna-lo permanente da grade de cursos da instituição.


O evento de abertura, ocorrido no auditório do Departamento de Pesquisa da Unifap, contou também com a presença da reitora da instituição, Eliane Superti; da secretária especial de políticas para mulheres da Presidência da República, Fatima Pelaes; da deputada Cristina Almeida (PSB); e da coordenadora do curso de extensão da Unifap, Margarete Guerra.




Segundo a reitora Superti, o curso vai tratar de temáticas relativas ao enfrentamento da violência e ao direito das mulheres. “Nossa intenção é de promover o diálogo com os professores para que, nas salas de aula, eles sejam multiplicadores desse conhecimento”, afirmou.







A deputada Edna Auzier, que tomou posse nessa semana como “Secretária da Mulher” no Parlamento Amazônico, considerou positiva a iniciativa da Unifap em preparar professores para o enfrentamento da violência contra as mulheres. 

“Entendemos que a educação é um dos fatores que contribuem para a conscientização dessas políticas. Muitos casos de violência doméstica ocorrem no fim do relacionamento, quando na maioria das vezes, o companheiro não aceita a separação. Ainda prevalece, infelizmente, a concepção machista de que a mulher é propriedade do homem. A escola tem sim um papel importante nessa conscientização, difundindo as boas práticas”, enfatizou.

O evento teve a participação da deputada Cristina Almeida que proferiu uma breve palestra sobre o tema, “Marco Legislatório da Violência contra as Mulheres”, onde relacionou toda a legislação pertinente a crimes de violência contra as mulheres e, destacou os avanços das políticas públicas de proteção ao gênero.


AGÊNCIA DE NOTÍCIAS - ALAP
Texto: Paulo Oliveira - Reg. Prof. 572 - DRT - PA
Fotos: Jaciguara Cruz
Portal: al.ap.gov.br
Blog: casadeleis.blogspot.com
Twitter: @assembleia_ap
Facebook: Assembleia Legislativa do Amapá
Instagram: assembleia_noticias
Flickr: noticias assembleia
Tv Assembleia: Canal - 57.2
Rádio Assembleia: 93.9 FM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Projeto quer implementar atividades para desestimular práticas depredatórias em escolas da rede pública

O ambiente escolar, por vezes, vem se tornando foco de violência que pode ser deflagrada por atos de indisciplina. Pensando nisso, a depu...