Pesquisar este blog

sábado, 21 de outubro de 2017

Deputada Edna Auzier representa o Parlamento no programa Casamento na Comunidade

Com a citação bíblica de Eclesiastes, capítulo 3, versículos de 1 a 8, que determina “o tempo e o propósito de Deus para todas as coisas debaixo dos céus”, a juíza de direito Joenilda Lenze, investida na função de juíza de paz, iniciou a celebração da união conjugal de 100 casais, reunidos na Catedral da Fé, da igreja do Evangelho Quadrangular, no bairro Pacoval.

O evento faz parte do programa Casamento na Comunidade, promovido pelo Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), em parceria com a Assembleia Legislativa do Estado (Alap), cartório Jucá e igrejas evangélicas que, em 12 anos de existência, já uniu mais de 12 mil casais.

A deputada Edna Auzier (PSD), que representou a Assembleia Legislativa do Estado na solenidade, destacou a parceria da Alap com o Tjap e afirmou que a família está sempre em primeiro lugar. "Tenho a satisfação de estar representando o Parlamento nesta belíssima festa, celebrando a união de 100 casais. Afinal, o maior patrimônio de Deus é a família. A Assembleia Legislativa está dando sua contribuição por meio de um Termo de Cooperação assinado pelo seu presidente, o deputado Kaká Barbosa (Avante). Estão de parabéns o Tribunal de Justiça, a Assembleia Legislativa e a sociedade, grande beneficiária desse projeto", afirmou.

A juíza Joenilda Lenze, coordenadora do Casamento na Comunidade, elogiou o evento e agradeceu a cooperação dos parceiros no projeto. "É um momento muito especial na vida dessas pessoas. A busca é constante. Muitos procuram o programa para regularizar suas situações conjugais. Essa parceria com a Assembleia Legislativa, cartórios e igrejas é que está proporcionando este momento de cidadania para estas pessoas" enfatizou.

A mesa de honra da solenidade foi formada pela juíza de direito Joenilda Lenze e pelo juiz Fábio Santana, representando o Tjap. A deputada Edna Auzier pela Assembleia Legislativa; a tabeliã Taís Oliveira representou o Cartório Jucá Cruz e o vereador pastor Dídio Silva representou a igreja do Evangelho Quadrangular.

O programa Casamento na Comunidade já existe há mais de 12 anos no âmbito do Judiciário amapaense. Nesse período, já foram feitos mais de 12 mil matrimônios. Este ano, ainda estão previstas mais 6 edições do programa, em diversos municípios, beneficiando mais de mil casais em todo o estado.

Por meio de convênio, assinado com o Tribunal de Justiça, a Assembleia Legislativa participa do programa Casamento na Comunidade. A cooperação faz parte do programa de inclusão social, desenvolvido pela gestão do deputado Kaká Barbosa, que contempla instituições como os Capuchinhos e Carlos Daniel, em Macapá; Nossa Família e Casa da Hospitalidade, em Santana.

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS - Alap
Texto: Paulo Oliveira - Reg. Prof. 572 - DRT/PA
Foto: Jaciguara Cruz
Portal: al.ap.gov.br
Blogger: casadeleis.blogspot.com
Facebook: Assembleia Legislativa do Amapá
Instagram: assembleia_noticias
TV Assembleia: 57.2
Rádio Assembleia: 93.9 FM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deputada Marilia articula projeto de práticas restaurativas nas escolas da rede pública

Para contribuir com o processo de resolução de conflitos nas escolas, órgãos públicos do estado trabalham em conjunto no desenvolvimento ...