Pesquisar este blog

terça-feira, 28 de março de 2017

Deputados destacam a manifestação que invade a Guiana Francesa e prejudica o Amapá


A abertura parcial da ponte binacional, que liga o Amapá à Guiana Francesa por via terrestre, ocorrida no último dia (18), voltou a ser tema de discussões na Assembleia Legislativa do Amapá. Na sessão ordinária desta terça-feira (28), a deputada Cristina Almeida (PSB), usou a tribuna da Casa e denunciou que está acontecendo uma revolução denominada “Os 500 Irmãos”, na fronteira da Guiana Francesa com apoio da população do Brasil através dos moradores do município de Oiapoque (AP).”É um movimento que reclama por melhorias de cunho social”, frisou a deputada, destacando alguns pontos que estão sendo defendidos na manifestação, como a exclusão popular na programação da abertura da ponte. “O movimento toma conta de toda a região da Guiana Francesa. Temos que agir para que a abertura da ponte não gere prejuízos econômicos aos dois países”.
Em a parte o vice-presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa do Estado (CRE), da Assembleia Legislativa, deputado Paulo Lemos (PSOL), elogiou a iniciativa da deputada e citou que as autoridades do Estado do Amapá, precisam se dedicar em resolver esta situação que envolve a parte econômica do município de Oiapoque e sugeriu que a comissão faça uma visita ao local.
A presidente da CRE deputada Raimunda Beirão (PMB), disse que a comissão vai abraçar esta causa e sugeriu uma audiência com o governador do Amapá, Antônio Waldez Góes (PDT), para que juntos possam encontrar uma solução para o problema na fronteira.
A deputada Roseli Matos (PP), colocou em discussão a questão da doação de leite materno. “A deputada Edna Auzier, já desenvolve uma campanha para arrecadar potes para armazenar o leite”, destacou a deputada, pedindo autorização do presidente da Casa, deputado Kaká Barbosa, para que seja colocado um coletor de vasilhas na entrada da Assembleia Legislativa, como parte da campanha “Doe vidro, doe vida”. “A nossa meta é até o dia 17 de maio deste ano, arrecadar o máximo de potes de vidros para armazenar leite materno”, frisou a deputada convidando os demais parlamentares a aderirem a campanha, que terá seu ponto alvo no Dia Mundial do Aleitamento Materno, que acontece em 19 de maio. 
Durante a sessão vários projetos, requerimentos e indicações de autoria dos deputados foram lidos e outros aprovados. 






AGÊNCIA DE NOTÍCIAS 28/03/2017
Assembleia Legislativa do Estado do Amapá – ALAP
Texto – Everlando Matias | Fotos – Gerson Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deputada Marilia articula projeto de práticas restaurativas nas escolas da rede pública

Para contribuir com o processo de resolução de conflitos nas escolas, órgãos públicos do estado trabalham em conjunto no desenvolvimento ...