Pesquisar este blog

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Projeto para acondicionar lixo de Saint-Georges e de Oiapoque em um só espaço é tema de encontro

Representando a Comissão de Relações Exteriores e Defesa do Estado (CRE) da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap), a deputada estadual Cristina Almeida (PSB), em reunião com o prefeito de Saint-Georges, Jorge Elfort e sua equipe, levantou a discussão de vários assuntos de interesse comum entre as cidades gêmeas, que estão na fronteira Brasil/França. O que mais chamou atenção entre as autoridades foi a questão ambiental.
 
A proposta é elaborar um projeto para acondicionar o lixo de Saint-Georges e de Oiapoque em um só espaço, utilizar esse resíduo para a produção de gás, que poderá gerar energia que será utilizada pelas duas cidades. Também foi proposta uma grande campanha educativa para evitar o depósito de lixo às margens do rio Oiapoque e a proteção da fauna e da flora em ambos os lados.
 
O prefeito Jorge Elfort afirmou que é muito importante a presença dos parlamentares federais nesses encontros. "Os governos federais do Brasil e da França têm que entender que o rio Oiapoque não nos separa e sim nos une, guianenses e brasileiros". Para a deputada Cristina, vários assuntos foram levantados na reunião, que veio reafirmar a necessidade da realização de uma audiência pública, que poderá acontecer ainda este ano, em Saint-Georges, com a participação de deputados estaduais, bancada federal, Executivos estadual e municipal e as autoridades da Guiana Francesa.
 
Cristina, acompanhada pelo prefeito Jorge Elfort e assessores, fez uma visita à ponte binacional, que tem horários determinados para abertura da travessia e não funciona aos sábados à tarde, domingos e feriados. Muitos moradores das duas cidades da fronteira reclamam bastante dessa medida. Outro ponto de destaque foi a festa de comemoração e valorização dos movimentos culturais, com a participação do nosso Marabaixo.
 
 
 
Este ano, a homenagem foi a dois grandes defensores e produtores da cultura de raiz de Saint-Georges, já falecidos, Laurence Onozo e Leonard Madé. O evento iniciou com um cortejo pelas principais ruas da cidade; visita ao túmulo dos homenageados, com a participação de grupos folclóricos; presença de crianças, para garantir a tradição para as futuras gerações; missa e festa cultural na praça principal da cidade, que contou com a participação de vários grupos. A proposta é estreitar e reforçar esse intercâmbio cultural entre Amapá e Guiana Francesa.
 
 
AGÊNCIA DE NOTÍCIAS - Alap
Texto e fotos: Leonardo Trindade
Portal: al.ap.gov.br
Blogger: casadeleis.blogspot.com
Facebook: Assembleia Legislativa do Amapá
Instagram: assembleia_noticias
TV Assembleia: 57.2
Rádio Assembleia: 93.9 FM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deputada Marilia articula projeto de práticas restaurativas nas escolas da rede pública

Para contribuir com o processo de resolução de conflitos nas escolas, órgãos públicos do estado trabalham em conjunto no desenvolvimento ...